eEmpreendedorismo.


eEmpreendedorismo.

Jogos podem ser uma ferramenta de desenvolvimento empreendedor?

Em 2013/2014, enquanto cursava Administração na PUC, o professor de empreendedorismo Luis Felipe Carvalho me ofereceu uma oportunidade incrível. Ele me apresentou o designer Gabriel Vinagre, o programador Peter Dam e o ilustrador Lucas Ribeiro Rodrigues e, desse encontro, nasceu o jogo do Brownie do Luiz, onde criamos personagens, cenários e métricas para deixar o jogo dinâmico!

O jogo consiste em um simples vendedor de brownie cujo "único" objetivo é vender seus produtos em um determinado tempo.

Apesar de soar simples, o jogo permite que o usuário/player, de forma inconsciente, desenvolva habilidades essenciais para qualquer empreendedor:

- Precificação - Assim como todo empreendedor, o jogador precisa entender o mercado e suas particularidades para determinar o valor de seu produto.

- Lei Oferta x Procura - Não há escapatória, todo mercado está suscetível a volatilidades e imprevistos, logo, o jogador deverá estar preparado para adequar os seu preços à realidade que ele se encontra.

- Teoria do Risco - Esqueçam de receitas prontas, nada nesse ramo é certo! Dessa forma, o jogador precisa assumir riscos e planejar sua estratégia para que consiga alcançar seus objetivos a curto e longo prazo.

- Persistência - Se facilidades e atalhos são as suas metas, nem comece, afinal empreender no Brasil não é uma tarefa fácil.

Através de um jogo, o usuário pode treinar habilidades fundamentais para o desenvolvimento de um projeto e, o mais importante ao meu ver, errar e se reinventar.

Mais gratificante do que ver um projeto realizado é saber que ele foi utilizado como ferramenta de aprendizado. No ano de 2014, em aulas ministradas pelo Prof. Luis Felipe da PUC-Rio, o jogo foi utilizado por 7 turmas, onde mais de 250 alunos interagiram com o sistema. Ao final do semestre recebemos um relatório dos alunos do curso com seus feedbacks e sugestões.

Inicialmente, a ideia era digerir esse precioso feedback e disponibilizar o jogo em uma plataforma online. Infelizmente, para conclusão do projeto, era necessário um investimento que a empresa não possuía na época, logo, não tivemos outra alternativa senão suspendê-lo.

Durante 4/5 anos essa ideia ficou martelando na minha cabeça. Finalmente, em 2018, conseguimos os recursos suficiente para tirar esse sonho da geladeira e voltamos a conversar com o @gabriel e com o @peterdam. Após horas de programação e várias versões testes, conseguimos atualizar o jogo com os feedback's obtidos e disponibilizar para todos futuros empreendedores.

Particularmente essa é uma iniciativa que me orgulho muito porque sempre achei o método tradicional de ensino muito monótono e hoje, principalmente através da tecnologia, estamos criando novas ferramentas que deixam a sala de aula muito mais atrativa.

 


Categorias