Quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?


Quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?

Começo esse texto com uma pergunta incisiva sobre os seus dias e atitudes. Qual foi a última vez que você fez algo pela primeira vez? Tente puxar isso na sua memória. Não se lembra? Pelo visto você está no caminho da maioria das pessoas e está repetindo tudo o que já fez ou já sabe. Já notou a fascinação de uma criança ao fazer algo pela primeira vez? Seu entusiasmo das descobertas é contagiante. Quando fazemos algo novo é preciso sentir aquele frio na barriga. O desconhecido precisa ser acessado para avançarmos.

Se você quer resultados diferentes, seja em sua vida pessoal ou profissional, você deve começar hoje mesmo a andar por caminhos diferentes. Faça uma coisa hoje pela primeira vez e desfrute do prazer que essa atitude vai provocar em você.

Seja criativo, inove sempre. Lembre-se que o bom não é bom onde o ótimo é esperado. Na primeira vez dê o seu melhor. Supere seus limites andando na milha extra. Vá além da chegada. Supere as suas próprias expectativas. Faça melhor do que a média. Faça o que precisa ser feito, solte tudo que está parado dentro de você e verá as coisas acontecerem. Para avançar só é preciso dar o primeiro passo.

Há dois erros que muitos cometem durante a vida no caminho para o sucesso. Alguns não começam. Outros não terminam. Alguns passam fome porque têm medo de sair na chuva para buscar o próprio alimento. Outros se lançam na chuva com toda a coragem, mas quando o temporal aperta mesmo acabam se escondendo ou voltando.

Não adianta ficar olhando a estrada com medo da caminhada. Não adianta trilhar a metade da estrada, o prêmio está no final dela. Por isso não bata apenas na porta, mas bata até que ela se abra. Para isso é preciso investir em conhecimento. Vivemos na era das informações. Não adianta ter a resposta se a pergunta já mudou. É preciso continuar se atualizando. Não cometa o primeiro erro, saia do lugar. Nem cometa o segundo erro, não pare. Continue, porque a meta é à frente. A meta é aonde você quer chegar.

Na sua saída da zona de conforto haverá dificuldades e perdas. Mas tudo isso será um investimento que nada mais é do que aplicação de esforço, tempo ou recurso para atingir um objetivo. Não há escolha sem perda. E você terá que fazer escolhas. Terá que sacrificar alguma coisa para investir na busca do sucesso. Mas você consegue. Consegue porque entende que o passado já passou, o restante da sua vida está no futuro. É no futuro que está a vitória. Você sabe que sucesso não ocorre da noite para o dia. Você resiste à dor. Você é persistente.


Categorias