Claudia Alencar

Rio de Janeiro/RJ


Claudia Alencar

Bacharel, Licenciada em Teatro pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, fez Pós Graduação na mesma Universidade, deixando a tese inconclusa para viajar de vez pelos palcos. Além de ter ensinado teatro em faculdades e escolas de ensino médio e fundamental.


Vídeos


Protagonista de alguns dos mais importantes e premiados autores e diretores do país, entre eles, Antunes Filho, Bibi Ferreira, Domingos de Oliveira, Miguel Falabela, Amir Addad, Leilah Assumpção, Antonio Abujamra, Wolf Maia, Walter Avancini, Dênis Carvalho e Marcos Paulo.

Claudia já atuou em 37 peças de teatro, 38 novelas e mini-séries, 11 filmes, 10 prêmios, trabalhando 16 anos na Rede Globo, 7 anos na TV Record, dividindo papéis principais com Paulo Autran, Marco Nanini, Antonio Fagundes, Lilia Cabral, Tony Ramos, Osmar Prado, Natália Timberg, Tarcísio Meira, Renata Sorrah, e tantos outros nomes respeitados.

Afinal a cada nova atuação, esta paulistana que escreve livros de poesia de rara sensibilidade e técnica, é artista plástica faz yoga e mostra que um ator pode reinventar a sua própria forma de interpretar, sem perder o estilo credibilidade, encantamento, ousadia, carisma, e verdade emocional.

Foi assim, de cabeça e alma, que Claudia sempre entrou nas suas personagens, como Hilda Furacão, Quinto dos Infernos, Roda de Fogo, Tieta, Fera Ferida e Porto dos Milagres.

Entusiasmada pelo projeto de dramaturgia da Rede Record, a atriz trabalhou na emissora de 2005 até 2011, e como sempre conquistou o público como uma das protagonistas das novelas Prova de Amor, Alta Estação ,Os Mutantes e Vidas e Jogo.

Ganhou 10 prêmios em teatro e televisão. Protagonizou 11 filmes, com Ozualdo Candeias, Xuxa, Jair Correa, Vanuccci, entre outros.

Em 2013 de recebe o premio no Festival Nacional de Petrópolis de melhor atriz pelo filme REQUIEM PARA LAURA MARTIM, de Paulo Duarte e Luiz Rangel.

Criou duas coleções de joias, A Poesia é De Ouro em parceria com a joalheira Lea Nigri e Os Chacras Por Claudia Alencar, em parceria com Lamadameco, em 2013.

Escreveu 4 livros de poesias, sendo o ultimo Refinamento e Loucura, ed. Giostri, lançado em dezembro de 2012, está em 4 Antologias, 2 livros de pesquisas teatrais poéticas.

Generosa, bem humorada, exigente e disciplinada, nunca se atrasou a um ensaio, gravação, e ressalta:
O que mais seduz num roteiro é quando ele me traz possibilidades, emoções e sentimentos inéditos.

Temas de Palestra: 

- A Nova Mulher do Século 21:

Esse espetáculo delicioso revela A Revolução Branca que foi travada pelas mulheres nesses últimos 40 anos, sem mortes, estupros ou sangue.

Esse salto qualitativo jamais foi dado na Historia da Humanidade. É nessa transição que Claudia Alencar revela com humor e ciência a NOVA MULHER.

Baseada na exposição de Arte, inédita, com 34 fotos, clicada por um dos maiores fotógrafos da Vogue Europeia – J. C. Bergamo - Claudia Alencar com o seu senso de humor, sensualidade, ciência, interagindo com a plateia revela um engraçado e fascinante espetáculo.

Atualíssimo que nos faz rir e refletir!!. E quem sabe mudarmos para melhor...
Claudia Alencar se mostra sem máscara, para revelar as grandes mulheres revolucionárias, loucas e, normais da Humanidade.

A mulher não é mais inteligente, nem mais forte, mas a mais adaptável ao meio ambiente, como diz Darwin.

- Idade Biológica Será Menor Que a Do Seu RG!:

Através de informações científicas, arte e experiência pessoal, nos dando conta que é possível reverter sua idade biológica:
Boa noite de sono, exercícios, alimentação, sexo prazeroso, informações cientificas, sobre água, alimentos, exames de sangue, meditação, controle das emoções.

Como Uma Mulher de 35 Anos Pode Aparentar Ter Apenas 50 Anos?
Porque Uma Mulher de 15 Anos Tem Aparência Física de 65 Anos?

Todos nós podemos ser mais jovens do que a nossa idade.

- Workshop Para Profissionais Liberais:

Técnicas que aprimoram o poder de observação, foco, ouvir o outro, ouvir a si mesmo, trazendo maior qualidade e rendimento no trabalho.

Através de improvisações e jogos teatrais encontra-se o Verdadeiro e não clichês.
Cria imagens, gera disciplina e ousadia. Esses exercícios serão feitos no dia a dia. Ferramentas poderosas, para acessar a inteligência cognitiva e imaginativa.

Através de técnicas criativas – corporais, escritas, vocais e plásticas – o individuo se transformará em brilhante.

Metodologias teatrais vivenciadas no teatro de Peter Brook.

Jogos dramáticos baseados em Viola Spolin, Técnicas de improvisações vivenciadas nas oficinas de Ariane Mnouchkine, O líder e sua equipe aparecem espontaneamente!

Palestra Online:

- A Nova Mulher do Seculo XXI


Nesta Palestra Claudia representa grandes mulheres revolucionarias da Humanidade: Joanna D'Arc, Madame Curie, Isadora Duncan, George Sand entre outras além dos arquétipos femininos

AT 20-03