Duarte, que é montanhista profissional, arrecadou boa parte de seu orçamento para subir a montanha fazendo coleta de lixo reciclável.

Em depoimento ao MontanhaCast, Aretha Duarte descreveu as principais dificuldades que um montanhista profissional tem diante dos aventureiros endinheirados, como apresentadores de TV e marqueteiros aposentados. O episódio pode ser escutado no topo do artigo.

Aretha Duarte conseguiu atingir o topo em sua segunda tentativa de ataque ao cume, pois na primeira teve problemas de tosse e sintomas de mal de altitude. A montanhista também teve de enfrentar o ciclone que atingiu o Monte Everest na última semana.

A conquista da montanhista brasileira representa uma mudança significativa no perfil dos brasileiros que, sistematicamente, apenas buscam fama e impulsionar uma carreira dentro do entretenimento. Durante várias entrevistas, a vários veículos de comunicação, Aretha Duarte deixou claro que suas principais metas são: fazer algo pela comunidade a qual vive em Campinas-SP, e seguir estabelecendo marcas no montanhismo brasileiro.

"Nenhum sonho é maior que a nossa capacidade de realizá-lo. Essa conquista é nossa, da Aretha e de cada um de vocês, que acreditou e confiou nesta mulher sem paralelos e em sua jornada de auto transformação e regeneração socioambiental. Obrigado, do fundo do nosso coração. E que Aretha seja a primeira de MUITAS", escreveu a equipe no Instagram da atleta. 

Afrodesdendentes no Monte Everest

Quanto à representatividade de mulheres no montanhismo, especialmente de quando falamos de alta montanha, é notório que há pouca representatividade de mulheres. Como observado em reportagens especiais aqui na Revista Blog de Escalada sobre representatividade de pessoas afrodescendentes no universo outdoor, este tipo de dado também reflete nas ascensões em alta montanha.

O montanhismo possui de fato poucos afrodescendentes. Quando se trata de falar sobre mulheres afrodescendentes no topo do mundo, o número é ainda mais impressionante.

A norte-americana Sophia Danenberg foi a primeira mulher negra a escalar o Monte Everest em 19 de maio de 2006, mas poucos prestaram atenção. Saray Khumalo, foi a primeira africana negra a subir o Monte Everest.

Agora, Aretha Duarte é a primeira latino-americana e a terceira mulher afrodescendente chegar ao topo do Monte Everest.

Temas de Palestras:

- Competitividade
- Esportes - Montanhistas
- Treinamento e Desenvolvimento
- Diversidade/Racismo/Genero
- Superação de Desafios
- Sustentabilidade e Meio Ambiente

AT 05-21