O movimento mais orgânico da minha empresa


Entre o orgânico e o estratégico, sempre fui fascinada pelo orgânico, pelo natural, por tudo aquilo que acontece sem ter que ser “forçado”. Claro que pode haver estratégia em cima do orgânico, e essa é uma combinação poderosa, mas o estratégico que conta para mim vem também de um movimento mais orgânico. A única forma que sei viver é sendo extremamente autêntica e colocando a minha essência e minha alma em minhas ações, e isso tem uma impressão muito clara no meu trabalho. Em 2013, a FazINOVA começou de forma extremamente orgânica e cresceu de forma bem orgânica. Cada novo curso, cada novo projeto, cada nova ideia que colocamos no mundo veio de uma intuição daquilo com que poderíamos realmente contribuir para inspirar mudanças comportamentais positivas em pessoas de todas as idades, e das mais diversas profissões. Absolutamente amo viver assim, tenho um imenso orgulho da maneira que colocamos no papel o que vem de forma tão natural para nós, e quem acompanha as minhas redes sociais de perto desde a fundação da FazINOVA pôde entender bem a nossa forma de se fazer as coisas, porque nunca usei esse canal apenas para divulgar produtos e projetos, mas para explicar meus pensamentos e sentimentos que deram origem a eles.

Alguns anos atrás, ao repensar o que as redes sociais estavam fazendo com as pessoas, resolvi colocar menos detalhes por aqui. Hoje entendo que essa decisão foi também um tanto orgânica, e veio da minha necessidade de poder vivenciar essa minha maneira orgânica de trabalhar ainda mais focada no mundo real, tocando a minha empresa da mesma forma autêntica, presente e entregue, cliente a cliente do mundo offline, e com a permissão de explicar apenas para mim, para minha equipe, e para meus clientes a maneira que um movimento ainda mais orgânico estava tomando forma. Essa entrega ao que vem do coração e de dentro para construção de uma empresa não é tarefa simples, existem caminhos estratégicos que seriam de certa forma muito mais fáceis, mas para a vida que eu decidi experienciar, esses caminhos não fazem sentido para mim. Quanto mais orgânicos somos, mais natural se torna sermos ainda mais orgânicos. Em 6 anos de FazINOVA, já tivemos muitas fases novas.

Ontem, em uma Live que fiz pelo Instagram @belpesce, anunciei que uma nova fase se inicia, onde deixarei mais claro pelas redes sociais o nosso movimento mais orgânico de todos os tempos, que faz parte da maior transformação que já vivi em toda minha vida. Então, para dar início a esse ciclo também para vocês, fiz um convite: hoje a nova “casa” da FazINOVA abre as portas, e a partir das 14:00 você pode passar lá para conhecer, para trocarmos um abraço, para conversarmos. Uma das premissas desse novo ciclo da FazINOVA é que seguimos juntos como professores e alunos ao mesmo tempo, trocando de igual para igual, deixando ainda mais explícito o que acreditamos desde que começamos a empresa. Se você passar pela FazINOVA hoje você não sentará em um auditório para me ouvir palestrar, enquanto você escuta. Você sentará em uma mesa comigo, e com quem mais estiver por lá, e todos trocaremos ideias como amigos, como pessoas que se respeitam, como pessoas que são abertas para falar sobre qualquer assunto com o intuito de crescer com aquilo - e já decidi que em breve até a mesa vai embora para sentarmos de forma ainda mais leve.