Marcos Fiori

São Paulo/SP
Veja o Perfil Completo

Marcos Fiori

Marcos Fiori é ator cômico profissional com humor de qualidade, e acima de tudo, preocupado em fazer as pessoas felizes. Formado pela Escola de Artes Cênicas de SCS, atua nesse ramo há 20 anos.


Vídeos



Artigos


Amor por minha Profissão

Amor por minha Profissão


Como falar de paixão e amor por uma profissão que me paquera todos os dias? A resposta é bem simples e salta aos meus olhos, como não posso ser apaixonado e vidrado quando percebo que cada pessoa ao longo destes 20 anos não me esqueceu, e que ao me encontrarem, digam: "Nossa! Como você está?! Adorei sua apresentação".

Mas não me refiro somente as palestras, mas aos inúmeros treinamentos e espetáculos já apresentados. Ao longo destes anos aprendi muito mais do que ensinei. Quando alguém refere-se a mim como professor acabo contrariando na mesma hora. Digo que não sou professor e sim um compartilhador.

Acredito piamente que compartilhar informação é tudo. Uma frase que sintetiza tudo que penso e aplico é de autoria de uma grande mulher "Marisa Éboli" (professora em educação corporativa), que passou a incorporar meu modo de agir e pensar: "Conhecimento não é bagagem, Conhecimento é conexão". Esta frase me ajudou a perceber que aquilo que eu já realizava profissionalmente e até instintivamente se resumia nesta frase. Eu sempre acreditei e vou continuar acreditando que conhecimento a gente tem de repassar, se eu puder repassar de forma gratuita não vejo problemas.

Claro que algumas coisas devem ser cobradas sim. Se eu não explicar isso, você vai acabar dizendo: Ah Tá! Então você trabalha de graça?
Não foi bem isso que eu quis dizer, apenas me posicionei que existem coisas que não custa nada compartilhar. Mas voltando ao assunto em questão, o amor por minha profissão, tenho de explicar resumidamente a minha história profissional. Não quero e não tenho a pretensão de criar um artigo - marketing pessoal, mas acho que é válido entenderem o porquê de tanta paixão.

Eu categoricamente posso afirmar que realmente faço o que gosto, me sinto um privilegiado neste mundo por conseguir viver, diferente de sobreviver de arte neste país. Sou artista desde pequenino, acompanhando meu pai e meu avô em suas palhaçadas. Cresci vendo e vivendo a arte ao meu redor e não poderia dar em outra coisa, se não tornar - se "Artista". Hoje ator cômico profissional e palestrante apaixonado por transformar vidas de pessoas que jamais poderia imaginar em encontrar. Ver o brilho nos olhos destas pessoas, a vontade de transformar palavras em atitudes por algo que foi proferido por mim, só pode - me causar a sensação de êxtase. Ser apaixonado e amar o que se faz é o grande diferencial em qualquer profissão.

Quando se desempenha algo que verdadeiramente gosta - se de fazer, com certeza isto refletirá positivamente ao seu próximo. Acabará tornando - se visceral. No teatro tudo é muito visceral, vêm das entranhas. É esta sensação que gosto de ver em alguém quando me atendem, quando me vendem algo ou quando querem - me oferecer algum serviço. Você já parou para pensar do por que voltamos em uma loja ou um restaurante?

Pare para pensar agora só por um instante. Você volta ao restaurante porque a comida é saborosa, o ambiente é aconchegante, o atendimento é primordial ou simplesmente está com fome? Pois é, a resposta é que, voltamos por que nossa memória emotiva nos faz buscar imediatamente aquela sensação de bem estar. A grande maioria dos verdadeiros consumidores (erroneamente) chamados de clientes fieis, particularmente retornam por causa do atendimento. Quem nos atende é quem faz a grande diferença. Se quiser e estiver com tempo, convido você a ler meu outro artigo sobre atendimento ao cliente, onde reforço a informação de que o cliente não é fiel, contrariando algumas fórmulas e linhas de pensamento.

Mas continuando...pessoas apaixonadas refletem brilho nos olhos. Quando voltar em uma loja ou restaurante, passe a reparar o porquê você está novamente ali. Outro detalhe interessante é reparar o quanto você se entrega a sua profissão. Você se sente bem ao entrar mais cedo no trabalho, fica além do expediente, faz a diferença em sua equipe, motiva aqueles que estão ao seu redor por pior que esteja a situação? Se você se enxergou neste momento, realmente tu és um grande amante da sua profissão. Não deixe ninguém apagar o brilho dos teus olhos.

Você é importante sim, independente do que você faça, desde faxineiro até presidente. Todos nós somos extremamente importantes. Não baixe a cabeça para as adversidades, uma coisa aprendi: "Um chute na bunda também te empurra para frente". kkk Está esperando o que então! Se acabou de ler este artigo, agora é hora de transformar suas palavras em atitudes. Se precisar, conte comigo!