Alexandre Prates

Veja o Perfil Completo

Alexandre Prates

Educador executivo, apaixonado por engajamento, desempenho humano e organizacional. Master Coach, formado pelo Behavioral Coaching Institute e Graduate School of Master Coaches. Após atuação como executivo em grandes empresas brasileiras, fundou em 2008 o Instituto de Coaching Aplicado, o ICA, com sede em São Paulo, possuindo mais 2.000 horas de atuação em sessões individuais e 250 empresas atendidas em 18 estados, destacando em minha carteira de clientes personalidades como: Denilson, Junior Cigano, Muricy Ramalho, Atila Abreu, Virna Dias, Bruno Soares, além de mais de 2000 líderes formados em todo o País.


Vídeos



Artigos


COMO O EDUCADOR EXECUTIVO PODE SE DIFERENCIAR NO MERCADO?
COMO UM EDUCADOR EXECUTIVO PODE ATRAIR CLIENTES
É POSSÍVEL VIVER DE PALESTRA?
NÃO É SORTE, É METODO.
SUA EQUIPE DE VENDAS NEGOCIA COM A PREGUIÇA?
VISIONÁRIO OU CONSERVADOR. QUEM É VOCÊ?

COMO UM EDUCADOR EXECUTIVO PODE ATRAIR CLIENTES


No meu último artigo, eu falei sobre como o Educador Executivo pode se diferenciar no mercado. Expliquei que, com o mercado cada vez mais competitivo, muitas vezes o fator decisivo de uma contratação será aquele “algo a mais” que está ali, junto com você, seja nas palestras, cursos, mentoria ou treinamentos.

As redes sociais me proporcionaram uma oportunidade única de trocar conteúdo com vocês, seja nas lives, nos artigos ou nos posts. Então, para dar continuidade ao assunto do Educador Executivo, preparei um artigo sobre um tema que foi sucesso na minha última live do Instagram: Como conquistar e fidelizar clientes corporativos.

Vou contar a minha história porque acredito que seja fundamental até hoje. Muita gente me pergunta: “Alê, você começou há onze anos neste trabalho, captando clientes e se tornando referência nas organizações. Qual foi o seu maior desafio inicial?”

Eu estava em um mercado completamente novo, em que ninguém me conhecia, não tinha dinheiro para fazer grandes investimentos em marketing e as redes sociais não eram tão fortes para realizar divulgações. Eu tinha que fazer o possível e o impossível para colocar o meu nome no mercado.

E tinham duas opções: A primeira é ter coragem e oferecer o seu trabalho gratuitamente para as pessoas te conhecerem. As pessoas precisavam conhecer o meu trabalho, então fui buscar quem eram os formadores de opinião, onde eu poderia estar envolvido, quais pessoas eu poderia me aproximar. E quando eu encontrei essas pessoas, eu ofereci as minhas palestras para as empresas e os eventos.

A segunda coisa que eu fiz foi investir em relacionamento. Para essas pessoas que me ofereceram oportunidade, a única coisa que eu pedi em troca foi ajuda para encontrar novos clientes.

Então, quando eu comecei, eu fiz mais de 50 apresentações de graça para mostrar para o mercado quem era o Alê Prates. Dessa forma, muitas pessoas me abriram portas, outras não. Mas eu consegui alcançar o meu objetivo inicial.

Eu vejo muitas pessoas começando e não tendo essa coragem de bater de porta em porta, ficam apenas divulgando o trabalho em rede social, achando que as pessoas irão indicar dessa maneira. As redes sociais ajudam, mas não é por lá que você conquistará seus primeiros clientes e sim por networking. 

Eu precisei investir para que as pessoas pudessem me conhecer. E eu faço isso até hoje. Dependendo do evento, eu faço gratuitamente porque eu confio no meu trabalho e sei que isso me abrirá portas para outras possibilidades.

Após conquistar os seus primeiros clientes, é preciso focar na divulgação. A sua rede social precisa transmitir credibilidade, portanto, o ideal é você ter fotos e vídeos palestrando e depoimentos dos seus clientes. Além disso, é muito importante você compartilhar conteúdo, conhecimentos e apresentar pequenas soluções para o seu público.

Você tem que CONFIAR NO SEU TRABALHO e ter gente que fale bem de você. Essas duas coisas são essenciais para você alcançar grandes resultados.